Aproveitando o feriadão? Mas Dra…e a dieta?

healthy-weekend-check-list-un-checked-

– Você é daqueles(as) que treina a semana toda mas no fim de semana, férias, feriados e viagens tem prejuízos na performance, estética desejado (ganhando ou perdendo muito peso) ao sair da dieta?
– não está na hora de rever esses conceitos? Decidir se vale a pena o suado investimento nos treinos, na nutrição a semana toda para no fim de semana ser permissivo ao extremo para manter-se como está ou até piorar?

Será que tá valendo manter a máxima do “malhar e manter-se em dieta” a semana toda, mas o fim de semana “enfiar o pé na jaca” e perder todo o suado investimento da semana?

– Cada vez mais, as pessoas, cansadas deste impasse, estão tentando manter o estilo de vida saudável com mudanças de comportamento inclusive nos fins de semana, férias, feriados, viagens a trabalho ou lazer. É isso que quero abordar com vocês aqui, afinal folga existe para te ajudar e não prejudicar.

– a 1ª coisa a fazer é refletir sobre seus objetivos pessoais e prioridades, afinal você pode estar feliz nesta condição. Mas se tem se sentido frustrado com “n” tentativas para manter-se em forma ou bem com você mesmo atente-se para algumas questões que vou abordar aqui:

1) “Férias ou folga” não significa jogar tudo para o alto. Você pode usufruir destes momentos e continuar com um estilo de vida saudável. Quando vamos para um Resort all-inclusive, as coisas ficam mais difícil pois sempre queremos experimentar os variados tipos de comidas e bebidas, acabamos tendo uma rotina diferente do habitual além de tentar compensar usufruindo o alto investimento para se hospedar nesses locais. Esqueça, pois jamais o que se paga conseguirá usufruir de tudo que te oferecem; além disso, você pode priorizar outros benefícios do local que não só comer e/ou beber até não aguentar mais!

2) Com certeza ao viajarmos, mesmo hospedando-se num hotel convencional, você irá abusar um pouco na comida e querer experimentar novos pratos ou comida local. Contudo tente manter um equilíbrio: escolha uma refeição por dia para provar coisas diferentes e menos saudáveis e no restante cuide um pouco mais; não abuse de gorduras, doces e bebidas no mesmo dia. Acorde e estabeleça metas se vai preferir almoçar mais livre ou se beberá ou se vai tirar para experimentar uma deliciosa sobremesa? Isso vai ajudar com que você não se assuste com a balança quando retornar das suas férias, feriado ou fim de semana.

3) Uma dieta deve permitir que o indivíduo tenha um comportamento social, que possa participar dos prazeres gastronômicos ao qual seu grupo participa. E acho realmente devemos nos esforçar em nosso dia a dia treinando e comendo certo (não necessariamente comendo pouco ou sofrendo) para poder usufruir num momento em férias ou lazer. Mas também não estou sugerindo que devemos comer no fim casamento que foi convidado, no churrasco dos amigos ou nos hotéis que está hospedado como se aquele fosse o último momento de nossas vidas. Devorar até o fim a comida do avião, experimentar todos os pães do café da manhã do hotel, aceitar e repetir os doces da tia que fomos visitar só fará com que se pague o prejuízo depois com muito suor e mais restrições … e poder não ser coisa de 1 semana para recuperar o prejuízo. Deslizar com frequência, ou permitir-se o popular “dia do lixo” pode resultar em dias , até meses para pagar o prejuízo!!! Não terá nada em capsulas, pó ou outro meio que te ajudará mais: apenas retomar o estilo de vida saudável e repensar se está valendo a pena manter este comportamento!

4) Comer adequadamente numa viagem significa planejar-se, saber onde quer ficar (casa alugada, casa de parentes, hotel? Para cada lugar haverá uma situação diferente mas independente do local, você poderá organizar-se para passar num supermercado e comprar tudo que tem da sua rotina habitual. Por que não? Mais uma vez: manter-se com a mesma alimentação ao menos em casa permitirá desfrutar dos passeios que fará e finalizarão em pratos saborosos! Reduzir um pouco o café da manhã: sem croissants, somente o básico, do mesmo modo que em casa é sempre a melhor opção. Porque comer a salsicha no molho do café da manhã do hotel se não faz isso em casa? Porque comer pão de queijo se não come isso no seu café da manhã? A comida está entrando como um prêmio porque está de folga ou em férias? Premie-se com um bom filme, com um presente especial, um passeio nos pontos turísticos de onde está passeando ou trabalhando. Se quer saborear um jantar sonhado, é se organizar para comer o velho e bom trio “salada, proteína magra, arroz+feijão (ser bem light) no almoço. Nada de excluir o arroz e feijão! Você certamente comerá mais carne que tem mais gordura, ou seja, mais calorias. Não adianta compensar errando. É saber que o marido/esposa ou namorado(a) vai querer companhia para o vinho no jantar e beber somente água durante o dia. Não adianta a conta matemática tem que fechar! Sem exercícios e organização da alimentação seja aonde estiver ou for não vai adiantar!

5) Não se deslumbre com a mesa de doces do local que estiver! Experimente só um doce por dia, um pedaço pequeno, para não dizer que sua nutricionista te proibiu de tudo o que é bom. Evite a feijoada, frituras, escolha bem o que comer na hora do churrasco (por que não carnes magras, vinagrete e arroz? Nada de farofas, miúdos, banana com leite condensado da churrasqueira!) Para beber, aproveite as aguas aromatizadas com gengibre, ervas, pepino ou frutas! Águas de coco: deliciosas, hidratam, refrescam, com menos calorias do que litros de caipirinha e cerveja.

6) Pratique atividade física: nem que seja uma caminhada ao fim do dia ou para visitar um ponto turístico ou até mesmo ver o movimento de algum local; curta a hidroginástica do hotel ou outras atividades oferecidas no hotel; não fique no esquema comida-piscina-baralho-televisão. Movimente-se! Não haverá nada em capsulas que pode fazê-lo gastar que mexer-se com exercícios!

7) Se estiver em praias ou clubes, organize-se para levar a frasqueira térmica: mix de olegianosas no lugar da batata frita, peixes no lugar das carnes (sempre assados), picolés de frutas (sempre de marcas conhecidas) no lugar dos doces, frutas e sanduíches no lugar das porções generosas de petiscos! Água? Só mineral!!! Lembre-se do gelo que está na bebida alcoólica também (se desconfiar da procedência, deixe de tomar!)

8) Prefira tomar o café da manhã, levar os lanches na frasqueira durante todo o dia e sair para jantar. Almoços em buffet por quilo mantém as refeições em banho-maria por várias horas o que permite proliferação de algumas bactérias resistentes e maior risco de deterioração do alimento. Ë preferível pedir pratos a la já que a forma de reposição da comida geralmente é inadequada favorecendo a contaminação ou proliferação de bactérias. Uma pessoa que vai almoçar no final da tarde provavelmente vai comer parte do que foi colocado na bandeja pelo menos quatro horas antes.

9) Devemos prestar atenção aos talheres, copos dos restaurantes, observar se os funcionários apresentam-se uniformizados e limpos, com toucas de cabelo. Geralmente estabelecimentos que permitem a visualização da cozinha se preocupam com a qualidade e manipulação do alimento; ter cuidado redobrado ao consumir hortaliças no buffet já que não temos garantia de que foram corretamente higienizadas; Gosto de citar a salada Ceasar, aquela com frango desfiado, croutons e…creme de leite!!! Isso mesmo, creme de leite! A salada, muito equilibrada nutricionalmente (contém alimentos de todos os grupos, constituindo-se assim, numa refeição completa), mas peca no creme de leite. Certifique se o local pode substituí-lo por iogurte.

10) Se já tentou 10 vezes, não desanime! Faça a 11ª tentativa e assim por diante, mas procure agir e corrigir um hábito para SER FELIZ COM VOCÊ MESMO!

Sobre Dra. Janaina Goston

Dra. Janaina Goston, especialista em nutrição esportiva - Belo Horizonte Doutora em Saúde Pública (Faculdade Medicina UFMG), Mestre em Ciência de Alimentos (Faculdade Farmácia UFMG), Pós graduada em Fisiologia do Exercício (UVA-RJ)
Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *