Alimentos imunomoduladores, você os consome?

A principal função do nosso SISTEMA IMUNE é reconhecer agentes agressores (vírus, bactérias, micróbios) e defender o organismo de contra suas ações.

Um   processo de cicatrização de um corte,  a coceira provocada pela picada de um mosquito, a febre que aparece aos primeiros sintomas de uma doença, são pequenos indícios de que o corpo está em constante trabalho de defesa.  Outros fatores que estão relacionados a queda do sistema imune: estresse, distúrbios do sono, alguns medicamentos, doenças específicas (HIV + ,  reumatismos, doenças degenerativas) e principalmente a má alimentação. Dietas extremamente rigorosas podem afetar o funcionamento das células de defesa, deixando o organismo mais vulnerável ao ataque de agentes nocivos. Assim, oferecer os alimentos certos diariamente podem aumentar a resistência do nosso corpo.

nutricao e sistema imune

Frutas e vegetais: 5 ao dia! Manter a ingestão diária de 3 porções de frutas e 2 de vegetais (400g/dia) garantirá o fornecimento de água, fibras mas especialmente vitaminas e minerais com ação antioxidante, imonumoduladora do corpo.

A tão falada vitamina C prevenindo infecções virais e respiratórias presentes em frutas cítricas (mas tbm na goiaba) e vegetais verde escuros de fato protege nosso sistena imune. Ao invés de tomar suco verde como “detox” (nosso fígado que faz este servió muito bem feito), pense nos ingredienres do suco como alternativa saudável, cheio de nutrientes protetores. Invista nos cubinhos de gelo de couve (rica em Vit K, importante na coagulação sanguínea fundamental no processo de cicatrização) para o suco de um limão (ofertará vit C que auxiliará a absorção do Ferro da couve))!

Carnes, leite, derivados, ovos, peixes são fontes de proteínas, aminoácidos importantes ao sistema imune (arginina e glutamina), vitamina A, zinco e os omegas (3 e 6) gorduras que não produzimos, portanto devemos ingerir pela dieta e têm importante ação anti-inflamatória! Nozes, castanhas, cereais integrais e leguminosas como o feijão são excelentes fontes de proteínas e zinco. Peixes como atum, salmão, sardinha fontes importantes de ômegas 3 e 6.

Quando estamos em recuperação de qualquer cirurgia, ou em fases da vida com muito estresse como estudando para concursos ou vestibular, alto volume de trabalho, em lactação ou em volumes de treinamento intenso, a recomendação é evitar restrições severas em calorias. A baixa ingestão energética abalará o sistema imune devendo portanto manter a ingestão diária em nutrientes imunomoduladores: proteínas, minerais como zinco, selênio, ferro, vitaminas C, A, E, K, ácidos graxos essenciais (w3 e w6), glutamina, arginina, pré e probióticos!

Como intestino atua como barreira importante para bacterias oportunistas, fortalecer sua microbiota prevenirá abalos sistêmicos do sistema imune. A indústria de alimentos e farmacêutica oferece hoje marcas de iogurtes com a presença de probióticos (microorganismos que se mantidos vivos em em quantidade adequada fortalecem a microbiota intestinal evitando translocações bacterianas) assim como os mesmos podem ser encontrados nas prateleiras de drogarias em lojas de suplementos em pó ou capsulas; os prébioticos (p.ex. presentes em cereais ricos em fibras, como aveia, biomassa de banana verde, farelo de trigo, frutoligossacarídeos já adicionados em alguns produtos alimentícios) também são fundamentais no consumo diário.

A consulta com um nutricionista é recomendada para distribuição dos nutrientes mediante sua rotina diária, preferências dietéticas e objetivos pessoais. Somente por meio de um calculo dietético e planejamento alimentar você poderá manter rotina sustentável que resultará em benefícios à sua saúde! Pense nisso!

Dra Janaina Goston

Sobre Dra. Janaina Goston

Dra. Janaina Goston, especialista em nutrição esportiva - Belo Horizonte Doutora em Saúde Pública (Faculdade Medicina UFMG), Mestre em Ciência de Alimentos (Faculdade Farmácia UFMG), Pós graduada em Fisiologia do Exercício (UVA-RJ)
Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *